Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

01
Mai13

Criticas e julgamentos

mudadelinha

A minha vida ensinou-me que só devo criticar aquilo que sei, aquilo que conheço. Aprendi que falar daquilo que não sei, não ter argumentos para conversar sobre algo que não conheço, é melhor manter-me na minha ignorância. E, este lema abrange todos os níveis da minha vida, muito sinceramente.


Não falo de quem não conheço, ou de quem nunca me fez mal. Mas, também não ando aí a falar aos sete ventos de quem conheço, atenção!

Não falo de assuntos que não predomino, e se quero falar de determinado assunto, informo-me ou, vejo determinadas coisas para poder criticar. A mesma coisa que se quero falar da Victoria Beckam, mas não sei quem é, não vou começar a inventar argumentos, vindo do nada, de como não gosto da senhora. (Mas, "conheço" a Victoria Beckam claro, quanto mais não seja das revistas cor-de-rosa!)

Tudo á base de provas, tudo á base de argumentos.

E muito menos critico ou, julgo determinada pessoa, ou conjunto de pessoas, se amanhã vou ser eu a fazer igual, pior ou, quem sabe até melhor. Ou que existirá a possibilidade de isso acontecer. Sempre me disseram que nunca se sabe o dia de amanhã e, é bem verdade!


Agora, se souber á partida que não o farei ou, que é completamente impossível fazê-lo, possivelmente serei a primeira a criticar.

Muito deste lema, parte da educação que me foi dada em casa e, na escola E, que vim a colocar em prática no actual trabalho. 


Porque, afinal, quem nunca falou mal de alguém ou, criticou determinada pessoa?





2 mudardelinha

Comentar