Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

30
Dez13

2013

mudadelinha

2013 foi daqueles anos para esquecer! Estou mortinha que acabe e, comece outro. E, que esse outro me traga coisas bem melhores, mais alegrias e boa disposição! Em 2013 aconteceu de tudo, vivi coisas boas (poucas, mas não posso generalizar) e muitas coisas horríveis e, momentos tristes.

 

Comecou logo em Janeiro/Fevereiro, para abrir bem o ano. A minha mãe com três processos em tribunal, a minha avó foi operada em Fevereiro e, o ano académico não me correu nada em, nomeadamente o semestre de inverno.

 

Em Julho, já ninguém aguentava a pressão que por cá se vivia, e tiramos todos umas férias, para terras algarvias, que foram possivelmente, as melhores da nossa vida. Mas... azar o nosso, quando chegamos, a minha única tia sofre um AVC e passa o mês todo de Agosto e, alguns dias de Setembro, no hospital.

 

Em Novembro, morre o avô do Francisco e, no dia antes do funeral, o meu avô cai das escadas, magoou-se imenso na cara e, quando descobrimos o que se tinha passado, não podia ter sido mais assustador.

 

Já para não falar que tive discussões atrás de discussões com o Francisco, promessas não cumpridas... até não dar mais, e foi preciso colocar um ponto final. Estamos agora a tentar solucionar alguma coisa.

 

Naturalmente, que no meio disto tudo, vivi momentos muito bons. Repentimente, viajei para França e Alemanha, estive nos dois país, simultaneamente, na fronteira coloquei cada pé, em cada país. Conheci pessoas, falhei nas leituras, mas consegui ver imensos filmes e séries.

 

 

Dei o meu melhor, e é por isso, que espero mesmo o melhor para 2014. Que 2014 seja muito meu amigo, porque também mereco.

 

Que seja meu amigo e, dos meus. E, que faça todos felizes. Tenho aprendido nos últimos tempo, que só precisamos de um bocadinho de felicidade, para sermos felizes.