Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

05
Nov17

Amanhã é segunda

mudadelinha

Amanhã já é segunda. O fim de semana passa tão rápido. E amanhã já é mesmo segunda-feira, quando para melhorar esse facto: tirei um dente ontem e ainda estou aqui a tentar não choramingar pelos cantos com as dores e, quando este semana tenho duas apresentações (uma amanhã e a outra na terça). Qual das duas vai correr melhor? Gostava muito de estar confiante e saber dizer qual, mas não sei responder.

 

 

Posto isso... Boa semana :)

03
Nov17

A saga de andar de transportes públicos

mudadelinha

É como trazer marmita para o trabalho, poupa-se uma pequena fortuna!

 

Mas, sou da opinião que devia existir uma consequência para pessoas com odores estranhos, fortes e nojentos. Com todo o respeito como é óbvio, mas à dias que saio do metro e do autocarro em estado zombie.

 

 

02
Nov17

Tanto quis, tanto tive

mudadelinha

Aquilo a que chamo de castigo.

 

Ando completamente atolhada de trabalho. Mas foi o que quis, começar o estágio da Ordem dos Advogados, ao mesmo tempo que tirava mestrado. Se as outras pessoas conseguem, também o consigo.

 

Este é um desabafo sem fundamento se não explicar a minha semana: ando a estaguar todos os dias e ainda estou a acabar a parte letiva do meu mestrado. Parte letiva essa que se traduz de forma muito fácil: estou inscrita a 7 disciplinas, e tenho 7 trabalhos para fazer e apresentar. A parte do estágio não está a influenciar em nada, porque tenho mais que tempo para estar ocupada com todos os trabalhos que tenho. Mas já não me estou a conseguir resolver com tanto trabalho, que estão todos marcados para a mesma altura. 

 

Preciso respirar. Preciso de férias outra vez.

 

Ninguém me disse que ia ser tão cansativo.

26
Out17

Coisas do amor #7

mudadelinha

Ontem, enquanto tomavamos café. Ele estava distraído a jogar qualquer coisa no telémovel ou a ler o jornal e eu andava a passear nos meus pensamentos, até que me lembrei de algo, e em tom de brincadeira lá lhe perguntei algo só para me meter com ele.

 

Eu - Amor que vais queres para o Natal? Preciso de me antecipar porque preciso começar a pensar nisso, para fazer as minhas contas e tal, e começar a ver preços e assim.

 

L. - Oh nada! Não preciso de nada!

 

Eu - Precisas sim! Eu sei do que precisas, já sei mais do que tu precisas do que tu mesmo!

 

L. - Ai sabes? Então conta-me lá!

 

Eu - Olha para começar precisas de mim, depois voltas a precisar de mim, por fim precisas de muitos beijinhos!

 

Olha para mim com aquela cara de quem se quer rir, mas não se ri.

 

L. - Oh mas isso não preciso só no Natal!

 

É dificil tirar-me as palavras e a resposta na ponta da língua que por norma não me falha, mas ele consegue de uma maneira fácil fazê-lo.

22
Out17

Sobre estar sentada numa sala de espera do hospital...

mudadelinha

Sabádo. Rondava as 11.00h. 

O hospital estava a realizar uma simulação de um incêndio. Estavam alguns bombeiros presentes, as portas de entrada e saída não estavam a funcionar.

 

As pessoas que estavam sentadas na sala de espera antes de chegar com a minha mãe ainda não sabiam do acontecimento, da simulação neste caso, então estavam muito preocupadas e assustadas porque viram os bombeiros a entrar e a andar pelo hospital. A minha mãe deu a informação que era uma simples simulação para não se preocuparem que estava tudo dentro dos conformes. A reacção foi a seguinte depois de saberem disso:

 

"Aii eu não gosto nada dessas coisas! Até tenho medo! E depois de tantos incêndios para que é que estão a fazer isto ao sabádo de manhã?"

 

A senhora sentada do outro lado da sala de espera concordou e ainda disse algo no mesmo sentido.

 

Santa paciência! Desculpem, mas fosse esse o mal do nosso país! Fiquei realmente um bocado chocada. 

Será que as pessoas estão realmente consciencializadas dos problemas?