Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

29
Jul17

Coisas do amor #6

mudadelinha

Esta é particularmente engraçada. E são aqueles momentos que se tornam típicos entre um casal, pelo menos entre nós. Brincadeiras parvas digamos! 

 

Desde que começamos a namorar o L. tem um vicio particularmente irritante. Irritante porque não é a primeira vez que lhe digo que pode correr mal. 

 

O L. tem o terrível vício de me andar constantemente a penicar o cu, principalmente quando subo escadas à frente dele. Um dia destes, já lhe disse, vou cair e magoar-me mesmo. Mas depois à primeira oportunidade faço-lhe exatamente igual ou pior. 

28
Jul17

Coisas do amor #5

mudadelinha

Um post que não publico há muito tempo, mas as histórias continuam. Só que se num momento me lembro "Quero contar isto no blog!", no outro as palavras já voaram da minha memória. 

 

O L. é um namorado atento, não anda sempre a elogiar, mas sabe faze-lo nos momentos certos e isso, simplesmente, sabe bem, apesar de maior parte das vezes ficar sem resposta, porque os seus elogios são imprevisiveis.

 

Um dia destes, enquanto saíamos e não saíamos de minha casa para ir à praia, eu estava a pentear-me, o que normalmente é a última coisa que faço quando saio de casa. Há bem pouco tempo fiz umas madeixas californianas no meu cabelo, é a segunda vez que faço, mas desta vez estou especialmente apaixonada pelo meu cabelo. As madeixas estão muito levezinhas e mais parecem naturais. Da primeira vez o L. não gostou mas, desta vez até me incentivou a fazer novamente e parece ter mudado de opinião. 

 

Nesse dia, no fim de me pentear,  saí da casa de banho toda vaidosa e comentei "O meu cabelo está mesmo bonito não está amor?" Ao que ele responde de forma muito natural enquanto olhava para mim " Tu és,  não é só o teu cabelo!". 

 

Fiquei sem palavras e comecei-me a rir.

 

 

 

02
Jul17

Séries: 13 Reasons Why

mudadelinha

13 Reasons Why é uma série da Netflix que conta a história de Hannah Baker, uma jovem de 17 anos, que se suicida. Mas, antes de morrer grava 13 cassetes, com as 13 razões que a levaram a tomar tal decisão.

 

Um grande murro no estômago. Uma série que deve ser vista por todos.

 

 

24
Jun17

S.João por estes lados!

mudadelinha

Em menos de 2 dias risquei da minha lista musical dois dos nomes portugueses que sempre quis ver e ouvir ao vivo, Rui Veloso e os GNR! E não me arrependi nada, a música portuguesa continua a encher-me as medidas e os ouvidos! Principalmente, sendo o fundo do palco as minhas belíssimas cidades do coração : Vila do Conde e o Porto.

 

received_10211442669796980.jpeg

(Rui Veloso )

 

Por último : 

received_10211442666156889.jpeg

 O meu s.João!  

(Vila Chã, Vila do Conde )

 

Continuaçãode bom s.João a todos e um bom fim de semana! :)

 

 

 

21
Jun17

Sobre Pedrógão Grande?

mudadelinha

Não há palavras! Bem gostava de as ter mas não tenho!

 

Li um texto hoje sobre o assunto que dizia "Que estas mortes não sejam apenas números". E eu digo, o orgulho é efémero, não desaparece mas tenho a certeza absoluta que o que se passou este fim-de-semana apertou um bocadinho o coração de todos os portugueses. Podia ser com qualquer um, podíamos ser nós! E eu só gostava que também para isto fossemos 11 milhões, como fomos para o Euro, como fomos para a Eurovisão, mas não somos. 

 

Há cerca de dois anos fui passar férias com o L. a Figueiró dos Vinhos, aquela zona é absolulamente linda e tivemos imensa sorte com as pessoas que nos 'acolheram', ou melhor onde ficamos alojados, porque além de serem portuenses, eram extremamente simpáticos e docéis e recebram-nos maravilhosamente bem. No meio de toda a confusão que foram as noticias entre sabádo e domingo, só pensava naquele sitío maravilhoso e naquelas pessoas que conhecemos e que tão bem nos trataram e receberam. Estava num impasse se mandava alguma mensagem, se ligava, se tentava contactar de alguma maneira, porque só queria saber como estavam, porque não conseguia ver nas imagens que passavam na televisão aquele sitío, mas pensava que a aflição naquele momento devia ser maior que qualquer e muito provavelmente nem comunicação teriam. Mas, no domingo, durante a tarde, lá mandei uma mensagem de força, a perguntar se estava tudo bem, que ainda fazia contas de ir lá novamente. Já tarde responderam-me, a agradecer a preocupação e a força, que por aqueles lados ainda estava tudo bem, mas que estava muito próximo e estavam com medo, mas ainda não tinham sido evacuados. Fiquei aliviada juntamente com o L., no entretanto não mandei mais nada, mas estou a desejar muito que esteja tudo bem!

 

Chego à triste conclusão que não somos. São as pessoas que querem ajudar com tudo o que têm e são os que se querem aproveitar. Que tenhamos aprendido algo com o que se passou, é só o que peço! Eu aprendi!

 

E não tenho apreciado nadinha a atitude da nossa Ministra da Administração Interna, não percebo quem num momento destes pede que se pare com a solidariedade!