Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

12
Abr14

Comecei a ler...

mudadelinha

 

Sinopse:

De uma infância de escravidão no Tibete até ao êxito de uma carreira como cantora de world music no Reino Unido - passando pelo encontro com o Dalai Lama nas montanhas do Nepal -, este livro é um testemunho magnífico sobre a incessante busca da liberdade.
Filha do Tibete conta-nos a história de Soname Yangchen e da sua luta contra a adversidade, num país que se tornara violento e perigoso.
Nascida no campo, no seio de uma família nobre durante a ocupação chinesa, Soname acabou por ser levada como escrava para Lhasa onde viveu uma infância difícil, longe da sua família e do mundo que sempre conhecera e amara. Com apenas dezasseis anos, e enfrentando perigos de que nem ela própria suspeitava, iniciou uma fuga para a liberdade.
Atravessando os Himalaias a pé, conseguiu chegar a Dharamsala, onde o Dalai Lama vivia exilado e onde o conseguiu, finalmente, conhecer.
Mas, mesmo tendo conseguido fugir do Tibete, a vida continuou a não lhe ser fácil e na Índia, país que agora a acolhia, deparou-se com novos perigos e complicações, tendo sido forçada a abandonar a filha que entretanto teve por, pura e simplesmente, não ter como a sustentar. Dona de uma persistência inquebrantável e de um profundo sentimento espiritual que nunca a abandonou, Soname faz amigos - bons amigos - com grande facilidade. Será graças a eles e à sua própria capacidade de trabalho e de fé verdadeiramente invulgar que conseguirá conquistar uma educação que sempre lhe fora negada e ligações na Europa que lhe permitirão vir para Inglaterra, onde acabará por casar com um inglês.
O seu talento para o canto foi descoberto por mero acaso quando, no copo-de-água de um casamento de amigos, cantou em honra dos noivos uma música tradicional tibetana, sem saber que um músico famoso, membro do grupo punk Sex Pistols, estava entre os convidados. A partir daí, a voz de Soname seguirá o seu caminho até ao reconhecimento do meio da world music e não só: uma vez mais à custa de muito trabalho e persistência, a cantora irá, participando em espectáculos, gravando discos, criando novas canções. Tudo isto enquanto trabalha em part-time a fazer limpezas.
Agora que as maiores salas de espectáculo do Reino Unido já se renderam à sua voz e à sua presença, que o agente da cantora Björk já a levou à Islândia em digressão e os seus discos passam nas rádios, a preocupação de Soname é, ainda e sempre encontrar a sua filha, que conseguiu finalmente reencontrar já adolescente e que espera possa querer vir a viver com ela em Inglaterra.
Soname é uma mulher notável, divertida e voluntariosa. A sua história é de uma imensa força, coragem e, acima de tudo, de um espírito livre, indomável.