Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

26
Out17

Coisas do amor #7

mudadelinha

Ontem, enquanto tomavamos café. Ele estava distraído a jogar qualquer coisa no telémovel ou a ler o jornal e eu andava a passear nos meus pensamentos, até que me lembrei de algo, e em tom de brincadeira lá lhe perguntei algo só para me meter com ele.

 

Eu - Amor que vais queres para o Natal? Preciso de me antecipar porque preciso começar a pensar nisso, para fazer as minhas contas e tal, e começar a ver preços e assim.

 

L. - Oh nada! Não preciso de nada!

 

Eu - Precisas sim! Eu sei do que precisas, já sei mais do que tu precisas do que tu mesmo!

 

L. - Ai sabes? Então conta-me lá!

 

Eu - Olha para começar precisas de mim, depois voltas a precisar de mim, por fim precisas de muitos beijinhos!

 

Olha para mim com aquela cara de quem se quer rir, mas não se ri.

 

L. - Oh mas isso não preciso só no Natal!

 

É dificil tirar-me as palavras e a resposta na ponta da língua que por norma não me falha, mas ele consegue de uma maneira fácil fazê-lo.

29
Jul17

Coisas do amor #6

mudadelinha

Esta é particularmente engraçada. E são aqueles momentos que se tornam típicos entre um casal, pelo menos entre nós. Brincadeiras parvas digamos! 

 

Desde que começamos a namorar o L. tem um vicio particularmente irritante. Irritante porque não é a primeira vez que lhe digo que pode correr mal. 

 

O L. tem o terrível vício de me andar constantemente a penicar o cu, principalmente quando subo escadas à frente dele. Um dia destes, já lhe disse, vou cair e magoar-me mesmo. Mas depois à primeira oportunidade faço-lhe exatamente igual ou pior. 

28
Jul17

Coisas do amor #5

mudadelinha

Um post que não publico há muito tempo, mas as histórias continuam. Só que se num momento me lembro "Quero contar isto no blog!", no outro as palavras já voaram da minha memória. 

 

O L. é um namorado atento, não anda sempre a elogiar, mas sabe faze-lo nos momentos certos e isso, simplesmente, sabe bem, apesar de maior parte das vezes ficar sem resposta, porque os seus elogios são imprevisiveis.

 

Um dia destes, enquanto saíamos e não saíamos de minha casa para ir à praia, eu estava a pentear-me, o que normalmente é a última coisa que faço quando saio de casa. Há bem pouco tempo fiz umas madeixas californianas no meu cabelo, é a segunda vez que faço, mas desta vez estou especialmente apaixonada pelo meu cabelo. As madeixas estão muito levezinhas e mais parecem naturais. Da primeira vez o L. não gostou mas, desta vez até me incentivou a fazer novamente e parece ter mudado de opinião. 

 

Nesse dia, no fim de me pentear,  saí da casa de banho toda vaidosa e comentei "O meu cabelo está mesmo bonito não está amor?" Ao que ele responde de forma muito natural enquanto olhava para mim " Tu és,  não é só o teu cabelo!". 

 

Fiquei sem palavras e comecei-me a rir.

 

 

 

08
Abr17

Das melhoress coisas da minha vida

mudadelinha

Não me tenho poupado em pequenas declarações por estes lados, mas depois de tanto desacreditar, torna-se impossível não me sentir tão grata.

 

O L. é, sem sombras de dúvida, uma das melhores coisas que tenho na minha vida. Não acho, muito sinceramente, que mereça tal. É a pessoa que está sempre lá, que me apoia e acompanha em qualquer decisão, seja ou não do agrado dele. É a pessoa que me ouve, e que eu ouço também, e que procura entender de todas as maneiras possíveis. Eu digo "Amor, não quero mais ir trabalhar!" e ele diz-me "Amor, não devias pensar melhor? Pensa melhor, mas eu vou estar aqui independentemente da tua decisão!". É aquela pessoa que me atura quando eu choro, e quando quero desistir de tudo, e me faz ver tudo de uma maneira diferente, e me faz não desistir, e diz-me "Eu sei que és forte, és uma menina tão forte, que isto é só mais um obstáculo, não vais desistir agora!". E eu digo-lhe " L. candidatei-me a um programa de voluntariado para o estrangeiro, é um sonho que tenho e acho que chegou a altura certa!". E sem hesitar, ele responde-me "Vai!".

 

Sinto-me grata, não consigo agradecer metade daquilo que ele é comigo, procuro fazer o mesmo, acho que isso é núcleo de uma relação!

 

bom fim de semana

 

FB_IMG_1490633639604.jpg