Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

10
Fev18

É fim de semana

mudadelinha

Fim-de-semana no verdadeiro sentido da palavra. Não tenho o meu despertador ligado, não tenho compromissos, não tenho de estudar, não tenho de ir trabalhar. Não sei se acredito muito nisto, parece mentira, mas vou aproveitar este bocadinho, pode ser "filho único" nos próximos tempos.

 

Só falta o L. para me fazer companhia, neste fim-de-semana frio, porque trabalha ao sábado e ao domingo. Para a semana ele já compensa os domingos fins-de-semana que nunca temos juntos porque está de férias.

 

Por isso, vou aproveitar o meu domingo (porque sabádo já passou e tivemos a festinha de aniversário da sobrinha/afilhada dele) para descansar, dormir certamente e, talvez (muito talvez!) arrumar e destralhar o meu quarto. 

 

 

Bom fim-de-semana, aproveitem muito!

05
Fev18

Peripécias do amor

mudadelinha

Vá, esta não é minha, mas achei tão caricato que tinha de a partilhar.

Os meus pais são casados há 27 anos e, até hoje, mantém um casamento relativamente feliz. Têm personalidades completamente distintas que se completam entre si. A minha mãe fala por ela e por toda a gente, adora a casa cheia, adora miúdos (não fosse ela professora primária), adora passear, brincar e tem sempre energia (para dar e vender), não fosse a maior stressada que. Todos os dias se queixa de alguma coisa, ou é a cabeça, ou é a coluna ou qualquer outra coisa, mas está sempre pronta a rir-se um bocadinho e a tagarelar mais um bocadinho. O meu pai não. É das pessoas mais caladas e pacatas que conheço. Uns bons serões em casa, no sofá a ver televisão, enchem-lhe os dias. Adora ver AXN, FOX, filmes, programas estranhos da MTV. Por ele nunca sai de casa, só para ir de férias e é certo que tem de ter piscina, se não existir piscina ele vai contrariado. Em contrapartida, é muito observador. Lá se vão entendendo à maneira deles, uns dias melhores, outros dias piores como todos os casais. Mas são um exemplo para quem os conhece. Não vão a lado nenhum um sem o outro. Se é para ir às compras esperasse por ele, se é para ir ao cinema ele tem de ir, se vamos jantar fora esperamos uns pelos outros.

 

A rotina diária e semanal é tanta em minha casa, que no fim de jantar ou de almoçar os lugares que ocupamos já são mais que certos. Eu e a minha irmã refugiamo-nos nossos quartos, a minha mãe vai para o quarto deles ver televisão e ele ocupa o sofá para ver os programas deles. A minha mãe adora ver novelas e programas mais levezinhos, ele adora ver policiais e programas desse estilo, pelo que é impensável ocuparem o mesmo espaço para ver televisão.

 

Um dia destes, no fim de jantar, o L. estava lá em casa, e estávamos os dois no meu quarto quando começamos a ouvir os dois a discutir. Inicialmente não percebemos bem do que se tratava, mas lá se começou a ouvir, porque a porta do quarto deles encontrava-se aberta, e como os nossos quartos são ao lado um do outro, se as portas estiverem abertas ouve-se tudo.

 

Então lá estavam os dois:

(Mãe) – O que vieste para aqui fazer hoje?

(Pai) – Olha não me apeteceu ficar na sala, sou sempre eu a ficar na sala!

M- Mas este sitio é o meu. Tu ficas na sala a ver o que gostas.

P- Mas hoje apeteceu-me. As miúdas podem querer ir ver televisão, que também têm direito, e eu vim para o meu quarto ver televisão.

M- Mas, então, vais ver a novela que eu quero, que isto não é assim. Não vou perder o episódio da novela só porque hoje quiseste vir para aqui.

(…)

 

Lá continuaram naquilo e eu ouvia a minha mãe a rir-se, como quem estava a fazer de propósito para o irritar, mas que o mais queria era que ele ficasse ali.

O L. ria-se e olhava para mim e eu ri-me e olhei para ele, ao que lhe disse “Bem, vê se vais aprendendo alguma coisa, porque quando eu quiser ver televisão não tens muita hipótese!”. Ele só me respondeu que a televisão era de quem chegasse primeiro, ao que tacitamente aceitei o acordo.

 

05
Fev18

A minha vida tem música à segunda-feira (parte 7)

mudadelinha

Tenho-me esquecido completamente de publicar esta rubrica. Aliás, não me tenho esquecido, não tenho tido muito tempo para o fazer. Quando o quero e posso fazer a privacidade não é muita, então vou atrasando.

 

Hoje, vou partilhar uma canção recente (penso eu!), de um artista português que adoro, posso mesmo dizer que é dos meus preferidos, já há muito tempo. Ouvi esta música durante o fim-de-semana na rádio, não me lembro em qual, foi o Shazam que me ajudou a identificá-la e gostei tanto que mal tive oportunidade fui-a colocar na mina lista de reprodução diária.

 

 

Pág. 2/2

Sigam-me noutro sítio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D