Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

30
Jan19

A luta diária pela organização

mudadelinha

1..png

(daqui)

 

Eu bem tento, já disse por aqui, várias vezes, que sou uma pessoa organizada, ou pelo menos tento. Uns dias corre bem, outros nem tanto. É como ser calma, considero-me uma pessoa calma, mas há dias que é melhor não me chatearem muito.

Ao longo dos anos de 2017 e de 2018, percebi que havia coisas que queria mudar, que tinha mesmo de mudar, e uma delas era a minha organização. Tornava-se impossível ser organizada no meio de tanta tralha que tinha dentro dos meus espaços, quer fosse o meu quarto, o meu escritório, ou até todo o meu material de estudo. O objetivo era poupar espaço e ao poupar espaço pouparia tempo e nesse caso pouparia tempo perdido.

O meu dia a dia é bastante organizado, safo-me bastante bem com a minha agenda, se bem que este ano tenho duas, uma agenda profissional, e outra agenda pessoal, que aproveito para organizar o blog e afins. Além da agenda, costumo ter um caderno/bloco de notas, onde anoto as compras (urgentes e não urgentes), as tarefas e compromissos que tenho de fazer, e estas tarefas passam mais pelo que tenho de organizar e não me posso esquecer, por exemplo, organizar o estudo para o exame de junho, e coloco tópicos. Já não vivo sem nenhum destes materiais, que são sempre uma ajuda muito importante, e vou riscando à medida que vou fazendo.

Fora isso, pus mais algumas medidas em ação, umas que vou manter porque resultaram, outras que preciso reformular:

  • Caixas, caixas e caixas. Caixas são só a melhor ajuda para organizarmos um espaço e foi o que fiz. Como o meu primeiro objetivo foi organizar o meu espaço de estudo em casa, e ele estava uma autêntica sujeira, porque há anos que colocava lá tudo, decidi começar por aí. Tudo o que tinha de sobra e não precisava, mas não queria dar ou meter fora, coloquei em caixas, e deixei à mão tudo o que preciso para os próximos tempos, para estudar, trabalhar, fazer trabalhos manuais, tirar fotocópias, imprimir e essas coisas.
  • Na minha estante, tenho um calendário de bolso, onde aponto todos os meus compromissos, o que me permite sempre ver o que vou ter na semana seguinte. Ao conseguir ver isso, consigo logo ver o que preciso fazer para cada um desses compromissos, se preciso levar algum documento, ou algum material de apoio que não me posso esquecer, se preciso levar almoço, a toga, e esses afins. Além disso, permite-me ver se posso marcar coisas para essa semana, as horas, se tenho tempo para fazer mais alguma coisa, se vou ter algum dia livre para me dedicar a outra tarefa.
  • Na minha estante, tenho também um calendário colado com o objetivo de poupança, onde anoto o dinheiro que preciso por de lado, em que dia, e onde vou fazendo contas. E ao lado desse calendário, tenho o mesmo que escrevo no bloco de notas: as compras e as tarefas, que vou riscando à medida que as faço, ou que não preciso.
  • Comecei a usar com mais frequência o bloco de notas do telemóvel, mas são coisas mais pontuais e mais em cima de hora que não me posso esquecer. E gosto muito de usar a aplicação das sticky notes no computador, porque mal abro o ambiente de trabalho aparecem-me as notas todas organizadas.
  • Um dos meus melhores hábitos é deixar tudo preparado no dia anterior, às vezes exagero neste ponto, principalmente com a lancheira e com a roupa que vou vestir na manhã seguinte. Mas, se deixasse a roupa para escolher na hora, não saía de casa, a verdade é essa, então prefiro sempre deixar tudo em cima da cadeira, até o calçado. Até porque assim dou uso a outro objetivo.
  • O que está fora do sitio é para arrumar, e isso aplica-se também à roupa. Mal dispo a roupa que tenho vestido, arrumo-a logo no devido sitio e evito ter roupa espalhada pelo quarto.
  • Comecei a arranjar um sitio para tudo. Tenho uma caixa para as faturas de cada ano, uma capa para os documentos do estágio, uma capa para cada disciplina do exame, e comigo no dia ando com duas capas: uma que tem uma etiqueta de “Estágio” e outra “Coisas pessoais”. Mais fácil não há, e o segredo das etiquetas é inteligente para não nos perdemos no meio do espaço. Sempre que posso coloco uma etiqueta com o respetivo nome e é muito mais fácil. Fiz isso quando arrumei o calçado de verão, e acho que me vai facilitar muito quando for arrumar o calçado de inverno que ocupa muito mais espaço. Tenho uma caixa que diz “Objetos de viagem”, e lá tenho as bolsinhas à prova de água que costumo levar, a carteirinha que também costumo levar, os recipientes dos líquidos, os saquinhos de plástico transparentes, e esse género de coisas. Tenho outra caixa com os materiais eletrónicos, como carregadores, máquina fotográfica, cartões de memória, adaptadores usb e leitores de cartões de memória. Basicamente, tentei encontrar um lugar para tudo, com uma etiqueta e, na maioria, uma caixa.
  • Dizer não à procrastinação, nem sempre é fácil, mas é fácil, e acabar sempre o que começo, não deixar as tarefas a meio, que também é difícil, mas também é possível.
  • Outra das coisas que faço é não acumular, ou tentar não o fazer. Não acumular: 1) trabalho e tarefas; 2) coisas por fazer, como aspirar o carro, o quarto, limpar o quarto, arrumar a roupa, etc; 3) tralha, seja o que for, tento diariamente não o fazer.

 

Muito por conta de todas estas coisas, tenho conseguido um dia-a-dia muito mais calmo e tranquilo, sem grande stress, sem pressas e sempre com tudo em dia. Claro que há dias e dias, há dias de atrasos, trânsitos, muitas coisas para fazer com pouco tempo. Mas o essencial está aqui e tem-me ajudado muito.

Aceitam-se dicas, sugestões. Por aí, conseguem organizar-se?

28
Jan19

Não me dou bem com o inverno

mudadelinha

 

(daqui)

 

Factos são factos e há factos que merecem ser partilhados, ou porque são importantes, ou porque são engraçados. Neste caso, confesso que se trata da segunda opção.

Não sou, de todo, uma pessoa do frio e do inverno, bem pelo contrário. Custa-me horrores o frio, a chuva, o vento gelado, e demora tanto a passar que ainda me custa mais. Quando quiserem conhecer uma pessoa friorenta, muito friorenta, falem comigo, tenho todo um manual de dicas que vos posso dar.

  • Não é de estranhar e acho até que já comentei por aqui que a primeira coisa que faço quando chego a casa do trabalho é vestir o pijama, e em casa só ando de pijama, ou roupa quentinha. Pijamas + pantufas = combinação perfeita.
  • Durmo com imensa roupa de cama: os lençóis polares de preferência, dois cobertores e um edredão polar. É lógico que para sair da cama de manhã não é muito agradável, mas acontece porque tem mesmo de acontecer.
  • Tenho imensos pijamas, mas acho por bem não os combinar. Nunca ando com o conjunto completo do pijama, são as calças de um e a camisola de outro, e um casaco fora do contexto do pijama, só porque acho que fica bonito (só que não!).
  • Tenho de ter as calças do pijama presas às meias, por isso tenho meias de dormir apropriadas a esse efeito, e tenho meias do dia-a-dia. Não gosto da sensação de me mexer de noite e sentir as calças nos joelhos.
  • O mesmo acontece com a combinação entre calças e camisola, a camisola tem de estar dentro das calças.
  • Este inverno estou a lutar contra o frio, então tenho tentado usar menos roupa. Durmo só com o pijama, as calças e a camisola, e para trabalhar também tenho tentado reduzir as camadas de roupa e, principalmente, das meias, porque sou aquela pessoa que usa três pares de meias, porque tem sempre os pés gelados. Em relação à roupa, tenho conseguido usar apenas três camadas de roupa: uma t-shirt interior, ou um top de alças, uma camisola interior e a respetiva roupa. Se estiver muito frio tento compensar uma camisa ou com os casacos, para o escritório levo um blazer debaixo do casacão, ou do kispo, para puder tirar o casaco à vontade e não ter frio. E tenho estado muito orgulhosa de mim porque ainda não senti necessidade de usar gorros, luvas e cachecóis/golas. A bem dizer, ando sempre com um lenço ou cachecol, mas acabo por não o usar, está ali só para prevenir.
  • Em relação às meias, sou aquela pessoa capaz de usar 3 pares de meias, mas este ano não. Este ano apenas tenho usado um ou dois, depende do pretexto e também da temperatura.

 

Não sou uma pessoa de inverno, não sou mesmo. São os meses que mais me custam e o meu corpo ressente imenso este meu pânico com o frio. Sou aquela pessoa que ia facilmente trabalhar de pijama e pantufas todos os dias.

25
Jan19

Para 2019

mudadelinha

Bem sei que 2019 já começou há uns dias, mas nunca é tarde.

2019 promete ser um ano muito positivo, também vou fazer por isso, trago comigo algumas das resoluções e dos objetivos de 2018, e tenho outros novos para este ano. Tenho grandes e pequenas resoluções para este novo ano, novos objetivos e desafios, novos sonhos, e querendo ser realista cá vão elas:

  • Tornar-me finalmente advogada, se passar no exame final em junho e acabar com estes horrores de ser estagiária, que já está a dar comigo em doida, e começar a pensar no a seguir, porque não é só passar no exame.
  • Conseguir viajar pelo menos 3 vezes, se forem duas já não me queixo, e uma dentro do nosso país, e conhecer novos países, cidades e sítios. Estou a planear uma viajem à Polónia já para o inicio deste ano, estou muito curiosa para visitar Cracóvia e os campos de concentração. Esta viagem foi fazê-la com uma amiga à partida, e com o L. estamos a pensar visitar a Eslovênia e a Croácia, mas ainda andamos a estudar as melhores opções e os melhores preços, também é uma opção ficarmos só pela Eslovênia.
  • Tirar um curso de inglês como deve ser e quando digo ‘como deve ser’ é um curso intensivo, onde possa aperfeiçoar as técnicas, o vocabulário, onde aprenda a sentir-me mais à vontade com esta língua, que me dê um certificado para o currículo e que me abra portas novas.
  • Começar a praticar exercício físico, e estou a pensar inscrever-me na natação. Pratiquei natação durantes longos anos, nunca foi um desporto que me motivasse, mas na falta de mais tempo e pela necessidade de praticar desporto, vou apostar nisso. Ando a tentar convencer o L. a vir comigo, mas ele ainda tem menos tempo que eu.
  • Ir a um festival de verão que já sei qual é e investir mais na minha cultura: concertos, teatro, cinema.
  • Renovar aos bocadinhos o meu armário. Já destralhe quase tudo, mas a partir de agora quero apostar apenas em roupa que precise para trabalhar e para a minha profissão. Deixei de ter peças de roupa ‘só de andar em casa’, ou ’só de fim de semana’, porque só ocupa espaço e só me faz ter vontade a vestir, o que não pode ser.
  • Continuar a poupar, ando a meter de lado 5€ por semana, ou seja 20€ por mês, além das outras poupanças que já tinha, e tem corrido bem.
  • O maior objetivo deste ano é conseguir o meu espacinho com o L., não sei se estou a ser muito ambiciosa, mas estou com esperança e com um feeling que é este ano, e vamos lutar muito por isso.
  • Além destas que são as resoluções maiores, decidi este inverno, tentar não me dar tanto ao frio e tomar medidas neste sentido. Estas medidas passam principalmente por dormir com menos roupa e andar com menos roupa no meu dia-a-dia, optar mais por lenços e cachecóis do que por golas altas, e para já tem corrido bem, tenho-me sentido bem, não tenho sentido frio e ainda não fiquei doente este inverno.
  • Ler e escrever mais, vamos lá ver se é este ano. Não cumpri o objetivo de ler mais em 2018, mas vou tentar novamente em 2019.
  • Ver mais filmes.

 

Tudo parece alinhado, com força, dedicação e muito esforço, espero que as coisas se alinhem e espero cumprir todos os objetivos.

 

 

1c78ff26721cc1c0b32347599b457bae.jpg

(a imagem é daqui)

 

 

 

Sigam-me noutro sítio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D