Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

30
Jan19

A luta diária pela organização

mudadelinha

1..png

(daqui)

 

Eu bem tento, já disse por aqui, várias vezes, que sou uma pessoa organizada, ou pelo menos tento. Uns dias corre bem, outros nem tanto. É como ser calma, considero-me uma pessoa calma, mas há dias que é melhor não me chatearem muito.

Ao longo dos anos de 2017 e de 2018, percebi que havia coisas que queria mudar, que tinha mesmo de mudar, e uma delas era a minha organização. Tornava-se impossível ser organizada no meio de tanta tralha que tinha dentro dos meus espaços, quer fosse o meu quarto, o meu escritório, ou até todo o meu material de estudo. O objetivo era poupar espaço e ao poupar espaço pouparia tempo e nesse caso pouparia tempo perdido.

O meu dia a dia é bastante organizado, safo-me bastante bem com a minha agenda, se bem que este ano tenho duas, uma agenda profissional, e outra agenda pessoal, que aproveito para organizar o blog e afins. Além da agenda, costumo ter um caderno/bloco de notas, onde anoto as compras (urgentes e não urgentes), as tarefas e compromissos que tenho de fazer, e estas tarefas passam mais pelo que tenho de organizar e não me posso esquecer, por exemplo, organizar o estudo para o exame de junho, e coloco tópicos. Já não vivo sem nenhum destes materiais, que são sempre uma ajuda muito importante, e vou riscando à medida que vou fazendo.

Fora isso, pus mais algumas medidas em ação, umas que vou manter porque resultaram, outras que preciso reformular:

  • Caixas, caixas e caixas. Caixas são só a melhor ajuda para organizarmos um espaço e foi o que fiz. Como o meu primeiro objetivo foi organizar o meu espaço de estudo em casa, e ele estava uma autêntica sujeira, porque há anos que colocava lá tudo, decidi começar por aí. Tudo o que tinha de sobra e não precisava, mas não queria dar ou meter fora, coloquei em caixas, e deixei à mão tudo o que preciso para os próximos tempos, para estudar, trabalhar, fazer trabalhos manuais, tirar fotocópias, imprimir e essas coisas.
  • Na minha estante, tenho um calendário de bolso, onde aponto todos os meus compromissos, o que me permite sempre ver o que vou ter na semana seguinte. Ao conseguir ver isso, consigo logo ver o que preciso fazer para cada um desses compromissos, se preciso levar algum documento, ou algum material de apoio que não me posso esquecer, se preciso levar almoço, a toga, e esses afins. Além disso, permite-me ver se posso marcar coisas para essa semana, as horas, se tenho tempo para fazer mais alguma coisa, se vou ter algum dia livre para me dedicar a outra tarefa.
  • Na minha estante, tenho também um calendário colado com o objetivo de poupança, onde anoto o dinheiro que preciso por de lado, em que dia, e onde vou fazendo contas. E ao lado desse calendário, tenho o mesmo que escrevo no bloco de notas: as compras e as tarefas, que vou riscando à medida que as faço, ou que não preciso.
  • Comecei a usar com mais frequência o bloco de notas do telemóvel, mas são coisas mais pontuais e mais em cima de hora que não me posso esquecer. E gosto muito de usar a aplicação das sticky notes no computador, porque mal abro o ambiente de trabalho aparecem-me as notas todas organizadas.
  • Um dos meus melhores hábitos é deixar tudo preparado no dia anterior, às vezes exagero neste ponto, principalmente com a lancheira e com a roupa que vou vestir na manhã seguinte. Mas, se deixasse a roupa para escolher na hora, não saía de casa, a verdade é essa, então prefiro sempre deixar tudo em cima da cadeira, até o calçado. Até porque assim dou uso a outro objetivo.
  • O que está fora do sitio é para arrumar, e isso aplica-se também à roupa. Mal dispo a roupa que tenho vestido, arrumo-a logo no devido sitio e evito ter roupa espalhada pelo quarto.
  • Comecei a arranjar um sitio para tudo. Tenho uma caixa para as faturas de cada ano, uma capa para os documentos do estágio, uma capa para cada disciplina do exame, e comigo no dia ando com duas capas: uma que tem uma etiqueta de “Estágio” e outra “Coisas pessoais”. Mais fácil não há, e o segredo das etiquetas é inteligente para não nos perdemos no meio do espaço. Sempre que posso coloco uma etiqueta com o respetivo nome e é muito mais fácil. Fiz isso quando arrumei o calçado de verão, e acho que me vai facilitar muito quando for arrumar o calçado de inverno que ocupa muito mais espaço. Tenho uma caixa que diz “Objetos de viagem”, e lá tenho as bolsinhas à prova de água que costumo levar, a carteirinha que também costumo levar, os recipientes dos líquidos, os saquinhos de plástico transparentes, e esse género de coisas. Tenho outra caixa com os materiais eletrónicos, como carregadores, máquina fotográfica, cartões de memória, adaptadores usb e leitores de cartões de memória. Basicamente, tentei encontrar um lugar para tudo, com uma etiqueta e, na maioria, uma caixa.
  • Dizer não à procrastinação, nem sempre é fácil, mas é fácil, e acabar sempre o que começo, não deixar as tarefas a meio, que também é difícil, mas também é possível.
  • Outra das coisas que faço é não acumular, ou tentar não o fazer. Não acumular: 1) trabalho e tarefas; 2) coisas por fazer, como aspirar o carro, o quarto, limpar o quarto, arrumar a roupa, etc; 3) tralha, seja o que for, tento diariamente não o fazer.

 

Muito por conta de todas estas coisas, tenho conseguido um dia-a-dia muito mais calmo e tranquilo, sem grande stress, sem pressas e sempre com tudo em dia. Claro que há dias e dias, há dias de atrasos, trânsitos, muitas coisas para fazer com pouco tempo. Mas o essencial está aqui e tem-me ajudado muito.

Aceitam-se dicas, sugestões. Por aí, conseguem organizar-se?

Comenta:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sigam-me noutro sítio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D