Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

28
Fev18

As pessoas estranham o amor, eu estranho essa estranheza

mudadelinha

As pessoas estranham o amor.

Um destes dias, depois de me despedir do L. com alguns beijinhos, uma amiga, que já não nos via há algum tempo, estranhou aquela atitude e brincou “Ai, tanto amor!”. Tenho-vos a dizer que fico nas horas com estas brincadeiras, mas depois entendi. Ele lá foi trabalhar e quando fiquei sozinha com ela, envergonhada lá perguntou “Isso ainda é tudo amor? Ainda estão apaixonados?” Limitei-me a anuir com a cabeça, porque não gosto muito de falar sobre isso, e ri-me envergonhada. Achei estranha aquela situação, aquela pergunta, mas ela ainda desconfiou e voltou a perguntar “Estás a brincar ou estás mesmo?”. Ela não percebeu - pensei - e voltei a sublinhar, num tom mais duro e confiante “sim, estou, estamos!”.

 

Estou mesmo, não estou em tom de brincadeira. Podemos ter os maiores problemas do mundo, discutir e amuar muitas vezes, chorar também faz parte, nem sempre corre tudo de feição. Não são sempre beijinhos, abraços, sorrisos, gargalhadas, chocolates e morangos, mas é a maior fatia do bolo. Aliás, as desavenças que, normalmente, temos resumem-se, sempre, a qual das casas vamos almoçar, jantar, lanchar. É sempre relacionado com isso.

 

E até não somos muito parecidos, só somos parecidos no gosto por dormir, acho que o maior passo está dado. Temos sempre opiniões diferentes sobre tudo, andamos sempre às turras, mas sou completamente apaixonada por aquele ser-humano. Namoramos há quase três anos, mas parece que foi ontem. Sinto-me como no primeiro dia e as pessoas acham isso estranho. Não o acho e não o sinto, faço questão de o mostrar e de o dizer todos dias. Demonstro-o intuitivamente, com uma mensagem, com uma chamada, com um “amo-te” ou com algum dos nossos insultos. Faço questão de lhe mostrar isso diariamente para que nunca se apague esta chama que acho tão bonita e tão saudável. E às vezes parece mentira, parece um sonho tornado realidade. Mas, não acho que seja um sonho, uma relação constrói-se, vão-se dando pequeno passinhos e cada um colhe esses pequenos passos.

 

As pessoas estranham isso. As partes constroem a relação, não tenho dúvidas nenhumas disso. E cada vez acredito mais que o amor é uma planta que se rega. Se lhe deres atenção todos os dias, ela é a flor mais bonita do teu jardim. Se só te lembrares dela de vez em quando ela murcha. E se te esqueceres dela… ela morre.

 

Fico triste quando reparo que as pessoas não acreditam no amor dos outros, porque também desacreditei durante muito tempo. O meu bateu à minha porta e sei que é ele, e acho que foi sorte, mas independentemente de sorte, vamos construindo uma relação todos os dias. Todos os dias são dias de cultivar amor.

 

27971632_1582662658437369_304505386785053925_n.jpg

(foto retirada algures da internet) 

 

4 mudardelinha

Comentar

Sigam-me noutro sítio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D