Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

26
Abr18

Das muitas coisas que não entendo no facebook

mudadelinha

Acredito muito que as redes sociais têm muitas vantagens e eu sou uma apaixonada nata por elas e uso-as muito. Comecei por dar a devida importância ao Facebook quando um grupo de alunos da minha faculdade criou um grupo a que chamamos o grupo de alunos, onde se tira dúvidas e se partilha tudo, desde apontamentos, resumos, exames anteriores, correções de exames, tudo o que, às vezes, os professores não disponibilizam. Muitas vezes, apetecia-me eliminar o meu Facebook e pensava duas vezes por causa disso, porque, efetivamente, partilha-se muito material útil e interessante. E, além desta, sei que o Facebook e as restantes redes sociais têm muitas outras vantagens. A partilha é tão grande que conseguimos descobrir eventos, promoções, descontos, que de outra maneira demoraríamos muito mais a descobrir ou que se calhar nem saberíamos.

Por outro lado, apercebo-me muitas vezes que muitas vezes pessoas não sabem estabelecer uma linha entre o partilhar tudo e partilhar o essencial, e depois falasse da privacidade, que as redes sociais vieram destabilizar muito esse conceito. Mas, sejamos sinceros: cada um partilha o que quer, correto? Ninguém se pode queixar disso, no meu Facebook e nas redes socias que utilizo, está aquilo que eu quero que esteja, nada mais. Acredito que seja difícil estabelecer essa linha, mas é possível. Através do Facebook descobri muitos amigos que não via há anos, amigos do ensino básico, do ensino secundário, professores com os quais não falava há anos, amigos de infância que seguiram caminhos totalmente diferentes dos meu, e isso, para mim, é a grande vantagem das redes sociais

Faz-me uma certa comichão quando não se estabelece essa linha, entre o pessoal e tudo o resto. Das muitas coisas que não percebo, principalmente no Facebook, uma delas é a partilha de ecografias dos bebes sabem? Não consigo perceber, até tento, mas não consigo perceber qual é a necessidade de se colocar no Facebook a primeira, a segunda, a terceira ecografia que se faz quando se está grávida. Não é demasiado pessoa? É só para mim? Também podia ir para o Facebook partilhar os diversos exames que faço, os resultados das minhas análises ao sangue, o resultado da ressonância magnética que fiz, e afins, mas qual é mesmo a utilidade? E, não estou a criticar, tento sempre não o fazer porque, lá está, cada um partilha o que quer e o que não quer. Se calhar também partilho coisas que outras pessoas não entendem.

 

Mas, acho que, como em tudo na vida, é fundamental aprender a separar linhas nas redes sociais, do que se partilha. Alguém concorda comigo?

 

4 mudardelinha

Comentar

Sigam-me noutro sítio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D