Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

26
Mar18

O tempo nem sempre ajuda

mudadelinha

Senti-me indecisa se escrevia ou não sobre isto, mas por alguns momentos pensei que talvez precisasse mesmo de escrever e de falar sobre isto. Depois pensei se escrevia diretamente sobre o assunto ou se o abordava de outra forma, mas sinto que fazê-lo de outra forma não me vai ajudar. Quando temos um cantinho destes é muito bom partilharmos coisas boas, momentos felizes, mas nem tudo é bom, nem tudo é colorido e há dias que podiam nem existir. 

 

Ontem pensava nisto porque perdi uma amiga há pouco mais de um mês, fez dia 21 um mês. E, ontem, tinha decidido que ia escrever sobre isto porque precisava tirar cá para fora o que está guardado e não pode estar. Hoje, perdi outro amigo, acordei com uma mensagem da minha mãe e, por momentos, pensei que fosse uma brincadeira, mas rapidamente percebi que não era. 

 

Faz-me confusão pensar que, ontem, estava tudo bem e hoje eles já não me respondem às mensagens, não atendem as minhas chamadas, nem comentam as minhas coisas, nem dizem as parvoíces dele, nem vou falar ou estar mais com eles, nem ouvir as suas vozes e gargalhadas.

 

Perdi uma amiga que era mãe e avó, e perdi um amigo que era pai. Sou próxima dos filhos e o que me abala mais é pensar se fosse os meus. Pensar que amanhã posso ser eu, pode ser qualquer um de nós, ninguém sabe, Hoje estamos muito felizes, estamos contentes, estamos rodeados de amor e carinho, mas e amanhã?

 

E o tempo que perdemos a discutir, zangados, aborrecidos, tristes com coisas tão pequenas? E o tempo que desperdiçamos preocupados com coisas que não tem tanta importância quanto isso? Fazemos isto tudo ao invés de estarmos a aproveitar a vida e de dizermos o quanto gostamos das pessoas, porque achamos sempre que há amanhã. E se não houver?

 

Precisava escrever sobre isto por mais parvo que pareça, pensei mesmo não o fazer porque é pessoal, mas também há dias e momentos maus.

4 mudardelinha

Comentar

Sigam-me noutro sítio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D