Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Coisas (des)Interessantes

Coisas (des)Interessantes

04
Mar20

Os principais medos e receios

mudadelinha

É a primeira vez que estou a morar sozinha. Até ao momento sempre morei em casa dos meus pais, não fui estudar para longe, não fui de Erasmus, sempre fui muito caseira, ou os meus pais sempre foram muito protetores e galinhas. Uma das duas, ou as duas.

Eu não estava habituada a fazer todos os dias o meu almoço e jantar, ou a fazer as tarefas diárias de uma casa, ou a ir deixar fora o lixo, ou a passar todos os dias a minha roupa a ferro e andar preocupada com isso. Estava habituada a fazer isso e muito mais, porque sempre aprendi a fazê-lo, mas não todos os dias.

Mas, isso não foi nenhum choque. Gosto de o fazer, compro aquilo que gosto, janto aquilo que quero, só me preocupo mais com o almoço, porque almoço no escritório e porque gosto de me alimentar bem durante o dia.

Os meus maiores medos aconteceram na mesma semana e não foi de todo agradável. Um foi esquecer-me do botão do fogão ligado durante o dia, por total descuido, e o outro foi encontrar bichos em casa. Não gosto de aranhas, nem de abelhas, esses bichos e bichinhos causam-me arrepios, e sempre chamei alguém para me ajudar. Sabia que a partir do momento que estivesse sozinha não teria ninguém, não podia chamar o meu pai, ou namorado, ou a minha mãe, ou irmã, ninguém. As minhas únicas soluções eram safar-me sozinha ou chamar a senhoria, que por acaso mora atrás de mim, e essa foi a minha solução para o problema do gás, porque por acaso a senhora estava em casa e apercebeu-se e conseguir agir a tempo. Por acaso, quando dei pela aranha (acho eu que era uma aranha, nem tenho a certeza!), estava a falar com os meus pais pelo Skype. Enquanto se riam e gritavam comigo que tinha de me safar, eu lá ganhei coragem para matar o bicharoco, mas antes ainda batia à porta da senhoria, mas não estava ninguém. Não sei se fiquei branca, pálida, se quase desmaiei com os nervos, valeu pelo susto, e já não há próxima, porque da próxima já não fico sem reação!

Quanto ao gás, sempre fui muito cuidadosa, principalmente depois de estar sozinha, mas aconteceu. Fez com que tivesse o dobro da atenção e o dobro do cuidado.

 

Entrei em pânico nas duas situações, mas tudo se resolveu e tudo ficou bem, é o mais importante! E evitar que volte a acontecer.

 

Resultado de imagem para viver sozinha

(esta imagem foi tirada daqui)

Sigam-me noutro sítio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D