Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas (des)Interessantes

Coisas (des)Interessantes

25
Jan19

Para 2019

mudadelinha

Bem sei que 2019 já começou há uns dias, mas nunca é tarde.

2019 promete ser um ano muito positivo, também vou fazer por isso, trago comigo algumas das resoluções e dos objetivos de 2018, e tenho outros novos para este ano. Tenho grandes e pequenas resoluções para este novo ano, novos objetivos e desafios, novos sonhos, e querendo ser realista cá vão elas:

  • Tornar-me finalmente advogada, se passar no exame final em junho e acabar com estes horrores de ser estagiária, que já está a dar comigo em doida, e começar a pensar no a seguir, porque não é só passar no exame.
  • Conseguir viajar pelo menos 3 vezes, se forem duas já não me queixo, e uma dentro do nosso país, e conhecer novos países, cidades e sítios. Estou a planear uma viajem à Polónia já para o inicio deste ano, estou muito curiosa para visitar Cracóvia e os campos de concentração. Esta viagem foi fazê-la com uma amiga à partida, e com o L. estamos a pensar visitar a Eslovênia e a Croácia, mas ainda andamos a estudar as melhores opções e os melhores preços, também é uma opção ficarmos só pela Eslovênia.
  • Tirar um curso de inglês como deve ser e quando digo ‘como deve ser’ é um curso intensivo, onde possa aperfeiçoar as técnicas, o vocabulário, onde aprenda a sentir-me mais à vontade com esta língua, que me dê um certificado para o currículo e que me abra portas novas.
  • Começar a praticar exercício físico, e estou a pensar inscrever-me na natação. Pratiquei natação durantes longos anos, nunca foi um desporto que me motivasse, mas na falta de mais tempo e pela necessidade de praticar desporto, vou apostar nisso. Ando a tentar convencer o L. a vir comigo, mas ele ainda tem menos tempo que eu.
  • Ir a um festival de verão que já sei qual é e investir mais na minha cultura: concertos, teatro, cinema.
  • Renovar aos bocadinhos o meu armário. Já destralhe quase tudo, mas a partir de agora quero apostar apenas em roupa que precise para trabalhar e para a minha profissão. Deixei de ter peças de roupa ‘só de andar em casa’, ou ’só de fim de semana’, porque só ocupa espaço e só me faz ter vontade a vestir, o que não pode ser.
  • Continuar a poupar, ando a meter de lado 5€ por semana, ou seja 20€ por mês, além das outras poupanças que já tinha, e tem corrido bem.
  • O maior objetivo deste ano é conseguir o meu espacinho com o L., não sei se estou a ser muito ambiciosa, mas estou com esperança e com um feeling que é este ano, e vamos lutar muito por isso.
  • Além destas que são as resoluções maiores, decidi este inverno, tentar não me dar tanto ao frio e tomar medidas neste sentido. Estas medidas passam principalmente por dormir com menos roupa e andar com menos roupa no meu dia-a-dia, optar mais por lenços e cachecóis do que por golas altas, e para já tem corrido bem, tenho-me sentido bem, não tenho sentido frio e ainda não fiquei doente este inverno.
  • Ler e escrever mais, vamos lá ver se é este ano. Não cumpri o objetivo de ler mais em 2018, mas vou tentar novamente em 2019.
  • Ver mais filmes.

 

Tudo parece alinhado, com força, dedicação e muito esforço, espero que as coisas se alinhem e espero cumprir todos os objetivos.

 

 

1c78ff26721cc1c0b32347599b457bae.jpg

(a imagem é daqui)

 

 

 

06
Abr18

A minha relação com vestuário formal

mudadelinha

Previamente sabia que a minha futura profissão exige algumas formalidades, sobretudo ao nível da aparência e se há coisa que me irrita é isso, porque nunca fui dada a essas formalidades. É engraçado porque de há uns anos para cá a minha mãe chateia-se comigo porque não me arranjo rigorosamente nada, mas aprendi isso com ela, porque se há pessoa simples essa pessoa é a minha mãe.

Esta simplicidade em relação à minha aparência leva-me a uma luta psicológica e física diária porque não gosto de me maquilhar, não gosto de camisas, não gosto de sapatinhos e sandálias, não gosto de colares, anéis, brincos, pulseiras e então saltos altos é uma coisa que não faz parte de mim nem do meu guarda-roupa. Se tiver dois ou três sapatos de salto é muito! Nem de pintar unhas gosto! Por mim, andava todos os dias de calças, sapatilhas e uma camisola qualquer que goste, se tiver bonecos melhor. Começo mesmo a achar que é por causa desta luta que tenho atrasado destralhar o meu guarda-roupa, porque sei que quando o fizer vou precisar de me livrar de metade da roupa que tenho para não cair na tentação de a vestir quando me apetece. Quantas menos camisolas com bonecos tiver melhor, é esse o pensamento. Mas, para já, ando a atrasar porque me vai custar imenso e vou ficar perdida ao fazê-lo, é a roupa com que me identifico diariamente e é a roupa que enfio ao fim de semana ou quando não estou a trabalhar A minha mãe e a minha irmã dizem que, relativamente a este assunto, parei de crescer no secundário e que acho que ainda lá ando e que posso andar sempre de all stars, calças e t-shirt, que se pudesse até andava com uma eastpak. Ainda o que me transtorna mais é a maquilhagem, mas passa-me ao lado porque nem me preocupo, nunca me maquilho e é mesmo fácil, só muito de longe a longe é que ponho qualquer coisa e quase sempre para esconder as olheiras que se apoderam dos meus olhos.

Não tem sido muito fácil, mas acho que o conviver com pessoas que se arranjam mais acaba por influenciar, e tem influenciado bastante. No inicio do ano (letivo) aproveitei o fim dos saldos e fui comprar algumas peças que me faziam mesmo falta como um blazer preto, calças de sarja que nunca usei, algumas camisolas só de uma cor, comprei também um casaco, e coisas assim. Chorei o meu dinheiro porque não precisava de comprar nada daquilo se pudesse andar como gosto, mas não. Precisei mesmo de uns dias para me convencer que ia precisar de o fazer.

Nos últimos tempos o Pinterest tem sido o meu melhor aliado nestas andanças e aprendi que posso conseguir um estilo elegante, mas confortável, sem precisar de andar de saltos altos, camisas e blazers todos os dias. Primeiro porque ninguém me exige que eu ande assim todos os dias, e segundo porque não gosto, não me identifico e parece que perco a minha verdadeira identidade. Foi um alívio quando me apercebi disso e até a minha mãe me tem elogiado, quer a forma como me tenho vestido, quer nas pequenas compras que vou fazendo para completar o guarda-roupa.

Depois a luta passa por encontrar as peças que quero a preços acessíveis, porque recuso-me a gastar fortunas em roupa, outra das coisas que aprendi com a minha mãe.

Para quem passa pelo mesmo que eu quero só dizer que é possível, eu é que não o sabia, e o Pinterest tem sido o meu melhor amigo neste assunto. 

 

A título de exemplo alguns dos looks que me tem inspirado - todas as imagens foram retiradas do pinterest:

2d5294773792a11084d63eec0f4a065a.jpg

 

8e582868c949f26ef9d895ffc2b71331.jpg

5a7c191fa013fb808c76e9519a6a9071.jpg

 

27
Jan18

Apaixonei-me por um casaco amarelo

mudadelinha

Na altura do natal, numa visita à Lefties, apaixonei-me perdidamente por um casaco amarelo. O L. aproveitou a circunstância e, como é tipico de um homem, não sabia o que me havia de dar, lá trouxe o casaco amarelo. MAS! Enganou-se no número e trouxe-me um tamanho M. Eu sou uma pessoa que mede 160cm e pesa 45kg e veste XS, com alguma sorte S ou M. Mas, o casaco ficava-me incrivelmente grande e eu ficava a parecer um saco de batatas. 

 

Lá o fui trocar mas, quando entro na loja, já não havia o meu número em nenhuma loja da marca. DESILUÃO! É tão raro eu apaixonar-me assim por alguma coisa que senti aquela facada no coração. Triste lá trouxe o mesmo casaco em azul-marinho, que também é bonito diga-se e me enche as medidas, e adoro azul marinho.

 

Menos de um mês depois, numa ida à lefties com a minha irmã, que precisava comprar não-sei-o-quê, vejo o casaco exposto e quando me aproximo, o primeiro casaco no conjunto deles era de que tamanho?? S.

 

Desde então ando numa luta interior para não ir lá gastar 40€ naquele casaco, mas sempre que passo perto a vontade é de pegar nele e trazê-lo comigo para casa. Mas não vou fazê-lo até ele descer de preço! 

 

5804352681_1_1_2.jpg

(este é o casaco, não encontrei o amarelo no site, acho que já não há, os que estão à venda devem ser os últimos)

 

Sigam-me noutro sítio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D