Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

Coisas (des)Interessantes

Não penses que o mundo, a vida ou o tempo, te vão devolver alguma coisa daquilo que fazes. Nem tens de pensar isso sequer! Simplesmente faz!

19
Abr18

O meu top 5 de séries

mudadelinha

 

 Adoro ler noutros blogs este género de publicações, então achei que seria interessante fazer algo do género e vou tentar fazer de séries, livros, filmes e sítios onde já fui comer e adorei.

Começo então pelo meu top de séries, decidi referir cinco, apesar de ter visto outras séries das quais gostei muito, mas estas são aquelas que adorei, vi e revi, devorei e voltava a ver.

  1. 13 Reasons Why

Penso que é consensual que 12 reasons why é um pequeno murro no estômago, pelo menos para mim foi. Aborda assuntos tabu, aborda os preconceitos e estereótipos que se criam na adolescência e, principalmente, aborda a forma como os adolescentes podem ser maus e cruéis. De uma maneira ou de outra, acho que todos passam um bocadinho por isso, ou do lado dos adolescentes que são vitimas desses preconceitos, ou do lado dos adolescentes que criam esses pensamentos. Identifiquei-me em muitos pontos com a série e com aqueles adolescentes, a série pode falhar em muita coisa, pode não ser perfeita, mas acho que consegue e muito bem o objetivo para que foi realizada. Foi das melhores séries que vi em 2017 e cá estou à espera da 2ª temporada.

  1. Anatomia de Grey

Digamos que esta série começou há mais de 10 anos e há mais de 10 anos que a vejo, sigo-a religiosamente. Não posso dizer que adoro esta série, aliás eu chego mesmo a pensar que não tenho uma personagem favorita, porque já senti amores e desamores com todas. É essa a ideia? Sou a única que vejo esta série e sinto isto? Mas esta é a série da minha adolescência e é uma série que me traz mesmo muitas boas recordações. Como disse, não tenho nenhuma personagem favorita, mas de momento estou a torcer pelo Alex Karev, pode ser que mais tarde consiga escrever um post sobre Anatomia de Grey.

  1. This is Us

This is Us é a minha série favorita de todo o sempre, obrigado a quem se lembrou de fazer algo assim, a série está maravilhosa! Vocês já se devem ter apercebido que eu sou a típica pessoa lamechas e é verdade, adoro tudo o que envolve uma boa história de amor, que puxe pelos sentimentos mais sensíveis, lágrimas e coisas parecidas, tudo o que seja humano vá, não gosto nada de terror, ficções e por aí, histórias irreais não é bem a minha praia, mas já aconteceu de adorar, é como tudo. This is Us é maravilhoso, adoro toda a história e adoro o Jack, quem não adora aquele homem? Ele é só o pai, o marido, o amigo perfeito, só não nos podemos lembrar do vicío dele pelo álcool, mas quando nos lembrarmos, esquecemo-nos rápido porque ele é quase perfeito!

  1. One Tree Hill

OTH a par de Anatomia de Grey acompanhou-me durante toda a minha adolescência e já revi a série duas vezes. Não me arrependi nada, sempre que a vejo reparo em pormenores novos e olho para as histórias de forma diferente.

 

  1. Prision Break

Admito que em quinto lugar não ia colocar Prision Break, mas os Pilares da Terra, minissérie de 2010, baseada nos livros de Ken Follet e realizada por John Pielmeier. A série tem apenas 8 episódios, com uma duração maior que a grande parte das séries, se não me engano cada episódio tem cerca de 1.30h. A série está genial, eu nunca li os livros, porque são um bocadinho carotes e nunca os consegui comprar, mas estão no top da minha lista de livros, porque adoro o autor, já li um livro dele e tenho mais alguns para ler. Já vi a série há muito tempo, vi a série logo quando saiu e não me lembro muito dos pormenores, quero revê-la nos próximos tempos. Lembro-me que devorei a série, vi os 8 episódios numa noite e no dia seguinte tinha aulas, e lembro-me que adorei a série. Se não conhecem vejam por favor, se conhecem, já viram e já leram os livros, partilhem a experiência comigo por favor. Adoro Ken Follet, é dos meus autores preferidos!

Como já vi esta minissérie há muito tempo, vou deixa-la para outra altura, e outra das séries de que gostei muito foi de Prision Break. Devorei aquela série até à última gota e nunca pensei que fossem mesmo fazer a 5ª temporada, dei-me por satisfeito com quatro temporadas, mas rapidamente tratei de ver a 5ª e ainda bem que acabou com um final feliz, sou sempre apoiante de um final feliz!

02
Mar18

O entretenimento dos últimos dias

mudadelinha

As séries que vejo estão paradas, comecei a ver La Casa de Papel, mas só vi o primeiro episódio até à data. O L., como moço que gosta de ver animes, anda a ver Oliver e Benji desde o início, bonecos animados da minha infância e da dele também. Como nunca temos muito tempo para ver séries juntos, e o pouco que vemos são as séries que passam na Fox, enquanto ele via fui pousando os olhos e acabei por ver os últimos episódios com ele. 

 

Foi desta e começei a ver sozinha tudo de inicio. Já vão uns aninhos que não via Oliver e Benji e a magia é a mesma. Não são os melhores desenhos animados do mundo, mas têm ali qualquer coisa de especial.

 

 

Conhecem? Gostam?

15
Fev18

Os 3 Jack's da minha vida

mudadelinha

O eterno Jack do filme Titanic. 

O Jack da série Revenge.

E o último... o Jack Pearson do This is Us.

 

Acredito que existam mais Jacks que, de momento, não me recordo.

 

Mas, o último admito que roubou-me algumas lágrimas. Muitas digamos. Foi o único. É daquelas personagens que, porra, faz-me sonhar com um pai assim para os meus filhos! Isso não se faz.

 

 

30
Dez17

O melhor de 2017

mudadelinha

Aquilo que mais me marcou em 2017

 

Série televisa:

Fácil. Tenho três na ponta da língua, aliás, quatro: Anatomia de Grey, Prision Break, This is Us e 13 Reasons Why. Se tiver de escoher apenas uma escolho This is Us. 

 

Resultado de imagem para this is us gif

(retirada da internet)

 

Livro:

Não é dificil porque não li muito, mas do pouco que li um livro roubou-me o coração: No meu mundo de Jodi Picoult. 

 

Música:

De entre muitas outras, a música que sinto que veio para ficar nos meus ouvidos: A Vida Toda de Carolina Deslandes.

 

App:

Não é bem uma aplicação, mas é uma ferramenta que me dá imenso jeito e que gostei muito de utilizar ao longo do ano: o google photos. 

 

Momento:

365 dias dão azo a muitos momentos bons e maus. Mas aquele que mudou tudo foi a conclusão da minha licenciatura. Podia falar de muitos outros, mas estariam sempre relacionados.

 

Viagem: 

Este ano não tive oportunidade de viajar, nem de conhecer outro sitío. O único sitio novo que conheci e que adorei, passei lá cinco dias, foi Sanxenxo e Baiona em Espanha. Fiquei incrivelmente apaixonada por Baiona e espero muito voltar, até porque não fica nada longe e é uma cidade linda.

 

20170923_203537.jpg

(Esta fotografia é da minha autoria)

 

Sigam-me noutro sítio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D